O Silêncio/The Silence/El Silencio

in english below…
en castellano abajo…

Illustration: Paloma Villela

Illustration: Paloma Villela

Estilo Mysore

O silêncio. O silêncio abriga concentração, atenção plena ou disposição para isso. Nesse “silêncio” não se escuta mais que o som das respirações constantes, um sussurro. O calor se espalha e queima como fogo purificador. Suavizando internamente. Suavizando o corpo. Suavizando o julgamento. Suavizando, suavizando…

O ar em volta é denso e cheio de cumplicidade. A alegria de compartilhar a prática de yoga. É possível tocar o calor como se ele fosse palpável; é possível se alimentar dele. Sentir que é possível ir de encontro ao vazio, mesmo que seja por um momento; por uma fracção de segundo você é capaz de se encontrar com a paz e a felicidade de estar a onde você está. Se aceitar sem julgamentos, aceitar o ritmo do próprio corpo e observar que esse ritmo muda diariamente. E com um pouco de sorte sentir gratidão dentro do peito; sentir o corpo forte; sentir que tudo é possível.

Texto e ilustração: Paloma Villela
Revisão: Marcel Ruiz Forns


 Mysore Style

The silence. The silence houses concentration, mindfulness or mood for it. In this “silence” the only sound is the sound of constant breaths, a whisper. The heat spreads and burns like a purifying fire. Softening internally. Softening the body. Softening the judgment. Softening, softening…

The air around is dense and full of complicity. The joy of sharing the yoga practice. It is possible to touch the heat as if it was palpable; as if you could feed yourself with it. To feel that it’s possible to meet the emptiness, even for just a moment; for one fraction of a second you are able to find the peace and happiness of being where you are. If you accept yourself without judging, accept the rhythm of your own body and observe that this rhythm changes every day. And with a bit of luck you can feel gratitude inside the chest; you can feel a strong body; feel that everything it is possible.

Text and illustration: Paloma Villela
Review: Marcel Ruiz Forns


 Estilo Mysore

El silencio. El silencio abriga concentración, atención plena o disposición para eso. En este “silencio” no se escucha más que el sonido de respiraciones constantes, un susurro. El calor se esparce y quema como un fuego purificador. Suavizando internamente. Suavizando el cuerpo. Suavizando el juzgamiento. Suavizando, suavizando…

El aire alrededor es denso y lleno de complicidad. La alegría de compartir la práctica de yoga. Es posible tocar el calor como si fuera palpable; alimentarse de él. Sentir que es posible ir de encuentro al vacío, aunque sea por un momento; por una fracción de segundo eres capaz de encontrar la paz y la felicidad de estar donde estás. Aceptarse sin juzgamientos, aceptar el ritmo del propio cuerpo y observar que este ritmo cambia todos los días. Y con un poco de suerte sentir gratitud dentro del pecho; sentir el cuerpo fuerte; sentir que todo es posible.

Texto y illustración: Paloma Villela
Revisión: Marcel Ruiz

Advertisements

About Padmaworld

www.padmaworld.com

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: